betclicpt
      X
      Biografia
      Jogadores

      Gordon Banks: O Banco de Inglaterra

      Texto por João Pedro Silveira
      l0
      E0

      Muito provavelmente a conquista de um título mundial devia valer a imortalidade a um jogador. Não é o caso de Gordon Banks. O guarda-redes inglês, nascido em Sheffield, ganhou a eternidade, não pela medalha de Campeão do Mundo, mas por uma defesa que fez numa partida, em que a sua equipa até perdeu...

      Banks sente-se injustiçado - e com razão -, ao ponto de se queixar dos jornalistas que quando o entrevistam só querem saber «da defesa e nada mais, esquecem-se do título mundial» que ganhou. 

      Enquanto jovem, além de jogar, trabalhava nas minas, tentando ajudar a humilde família, que sofria com a austera Inglaterra do pós-guerra. Atingida a idade, foi cumprir o serviço militar na Alemanha (1), onde continuou a jogar futebol e conheceu a sua esposa Ursula. 

      Regressado à sua Inglaterra, tornou-se indiscutível do modesto Chesterfield, de onde saiu passado um ano para o Leicester City. Três anos nos the foxes e chegou a primeira convocatória para a seleção nacional. 

      Campeão do Mundo

      Em 1966 chegou o mundial, disputado em casa, com a Inglaterra confiante na vitória e com um Banks em grande forma. Depois do empate com o Uruguai na estreia, seguiram-se vitórias sobre o México e a França, antes de se eliminar a Argentina nos quartos-de-final. Em quatro jogos, Banks não sofrera um golo e a Inglaterra seguia em grande estilo para as meias finais....

      O mundo teve que esperar o 82º minuto da meia final, para ver Banks sofrer um golo. O herói foi Eusébio, autor da grande penalidade, insuficiente para os dois golos que Bobby Charlton já havia marcado.

      Quatro dias passados a final, com Banks a ser batido por duas vezes, mas a Inglaterra a ser campeã com um hattrick de Hurst e um golo de Peters. A Inglaterra era finalmente campeã do Mundo, o país entrava em festa, de norte a sul, de este a oeste da ilha, onde havia um inglês, havia uma celebração, só com paralelo às celebrações de vitória na I e II Guerra Mundial.

      A tal defesa...

      No mundial seguinte, a Inglaterra chegou como uma das grandes favoritas. Todavia, contava com a oposição do Brasil no grupo. Aquele «escrete» não era uma equipa qualquer, era provavelmente a melhor equipa de sempre, com uma geração no auge das suas capacidades.

      O jogo começou com o Brasil a mostrar-se mais forte, aos dez minutos, Jairzinho arrancava um cruzamento para a cabeça de Pelé, que a mandou com selo de golo, batendo no chão antes de se aninhar no fundo das redes.

      Os colegas, as bancadas, todos pensavam que a bola ia entrar, até o próprio gritou «golo!»; mas eis que Banks, felino, como que desafiando a gravidade, voa e depois de bater no chão, trava a bola com a mão direita, perante a incredibilidade de todos. Pelé não queria acreditar que a bola não entrara, o próprio Banks levantava-se incrédulo.

      Para a história fica a suposta brincadeira do capitão Moore, que depois da defesa, acusou o seu guarda-redes de estar a ficar velho, por este já não conseguir agarrar a bola. (2) Para a memória ficou a melhor defesa de sempre, efetuada pelo melhor guarda-redes de sempre, para travar a cabeçada do melhor jogador de sempre. Banks, literalmente «bancos» em inglês, era considerado seguro como os bancos de Inglaterra, «safe as the banks of England». O trocadilho ficou e para sempre a sua aura de intransponível.

      A 12 de fevereiro de 2019, aos 81 anos, faleceu, vítima de doença prolongada.

      --------------------------------------------------------------------
      (1) - Desde o fim da II Guerra Mundial até 1991, a Alemanha além de estar dividida em R.F.A. e R.D.A., encontrava-se ocupada militarmente pelos quatro vencedores da II Guerra Mundial: Estados Unidos, Grã-Bretanha, França e União Soviética.
      (2) - «You’re getting old, Banksy. You used to hold on to them.» 

      D

      Fotografias(7)

      Capítulos
      Comentários (1)
      Gostaria de comentar? Basta registar-se!
      motivo:
      RIP Banks
      2019-02-12 14h43m por bludouro
      Thank you for what you gave to your country and the game of football.